Dicionário de Termos Abomináveis do Mundo Corporativo

978-85-7452-913-4
De: R$48,00  
Por: R$38,40
Bônus: R$9,60 (20%)
+
Adicionar à lista de desejo

Vitor L. Massari

CEO e um dos principais consultores e especialistas em Agile/Lean da Hiflex Consultoria, possui mais de 18 anos de experiência em projetos de inovação. Agilista, gerente de projetos, colunista, blogueiro, instrutor e anárquico, acredita no equilíbrio entre as várias metodologias, frameworks e boas práticas voltadas para gestão de projetos e que os gestores precisam encontrar esse equilíbrio, muito mais do que seguir cegamente modelos predeterminados. Autor dos best-sellers “Gerenciamento Ágil de Projetos” (2014) e “Agile Scrum Master no Gerenciamento Avançado de Projetos” (2016), “Gestão Ágil de Produtos com Agile Think® Business Framework” (2018), “Dicionário de Termos Abomináveis do Mundo Corporativo” (2019) e “51 Respostas e ½ sobre Agile e Gestão de Projetos” (2019). Todos foram publicados pela Brasport.

Leia a biografia completa

Siga o autor

Canal Multimídia

  • VÍDEOS

    Como começar 2016 obtendo sua certificação Scrum?
    Perdeu o Webinar do autor Vitor Massari? Assista a reprise:

Livro Dicionário de Termos Abomináveis do Mundo Corporativo: uma obra bem-humorada e provocadora sobre tempos de “entrega de valor”

 

A ideia deste ‘dicionário’ é provocar algumas reflexões sobre certos jargões utilizados no mundo corporativo, repetidos à exaustão como uma espécie de mantra. A pergunta que sempre faço é: “como esses jargões estão ajudando a sua organização rumo à sua meta de existência?”. Possivelmente muito pouco ou quase nada! Então como podemos fazer diferente para obtermos resultados diferentes? Como fugir do senso comum e realmente ajudarmos nossas organizações? Embora as reflexões sejam sérias, tento, nesta obra, provocar essas reflexões de forma bem-humorada, muitas vezes com um tempero nonsense! Então, além de ajudar a fazer você refletir, espero que este livro te entretenha e provoque algumas risadas também.

Vitor L. Massari

 

“O mundo cada vez mais volátil, incerto, complexo e ambíguo traz consigo uma série de oportunidades e desafios. O universo corporativo foi (e continua sendo) invadido por jargões, expressões contraditórias e “frases de impacto” criadas ao longo da última década. Pérolas que foram carinhosamente colecionadas e analisadas de uma forma única por Vitor Massari neste livro. O ‘Dicionário de Termos Abomináveis do Mundo Corporativo’ é uma crítica envolvente e provocativa, à medida que, em um clima de humor e informalidade, também nos convida a uma séria reflexão sobre o grau de incoerência e superficialidade a que temos submetido nossas organizações.”

Gino Terentim Júnior

Consultor Estratégico da Caixa

 

“Este novo livro de Vitor Massari traz uma abordagem meio maluca para mostrar a maluquice que está acontecendo no mundo corporativo. Muitos profissionais acreditam que usar “buzzwords”, termos da moda e frases feitas de impacto solidificam uma carreira, conquistam clientes e, pior, resolvem problemas. Isso não funciona mais, e por isso este livro vai incomodar muita gente por aí. As empresas precisam é de resultado e de menos termos abomináveis, menos frases feitas e mais ação, e o Vitor foi muito feliz ao conseguir colocar nesta obra uma grande coletânea de termos do mundo corporativo usados de maneira incorreta, que só atrapalham em vez de ajudar. Eu adorei o livro, e espero que você também.”

Fábio Cruz

Sócio-Diretor e Especialista Agile/Lean/PMO da Hiflex Consultoria

Introdução

Parte I. Da série: Pérolas do Mundo Corporativo

Aqui a coisa é corrida

Asap

Causa-raiz

Com a minha inteligência e o seu entusiasmo, vamos longe!

Damos prioridade para soluções inteligentes de baixo custo

Departamento

Departamento de inovação

Depois acertamos o seu banco de horas

Dinheiro não é problema

Drivando

Ema, ema, ema, cada um com os seus problemas

Eu fiz a minha parte!

Fazer mais com menos

Gerente funcional

Hierarquia

Meus recursos

Na nossa realidade isso não funciona

No mundo real isso não funciona

Nossa cultura é assim!

O ótimo é inimigo do bom

Precisamos fazer um esforço extra

Precisamos montar um plano de ação

Te mandei um e-mail

Temos que fazer acontecer

Vamos fazer uma força-tarefa

War Room

Parte I. Da série: Pérolas do Mundo da TI

Arquiteto

Está pronto, só falta testar

Estamos atrasados, pula a fase de testes e implanta do jeito que está

Fase de estabilização

Já montou o pacote?

Na minha máquina funciona

Se der problema, arrumamos em produção

Sistema legado

Sustentação

Parte III e 1/5. Da série: Pérolas da “Comunidade” Ágil e Projetos

Aqui adaptamos a metodologia de acordo com o contexto

Aqui não usamos ágil porque temos que ter documentação

Aqui o escopo é fechado

Aqui o prazo é cravado em pedra

Aqui usamos a metodologia do PMBOK

Aqui usamos a metodologia do PMI

Aqui usamos metodologia própria

Parte III e 1/3. Da série: Pérolas da “Comunidade” Ágil e Projetos

Este risco estava mapeado?

Estes são os entregáveis do projeto

Gerente ágil de projetos

Método ágil só serve para TI

Método tradicional

Modelo híbrido é a tendência

Não temos tempo para planejar projetos como mandam as metodologias

O importante é agregarmos valor!

O importante é entregarmos resultado

Qual ferramenta vamos implantar?

Qual método vamos implantar?

Qual o template?

Se demora o mesmo tempo para entregar que o “método tradicional”, então esse tal de ágil não é tão ágil assim

Já preencheu a timesheet?

Tocar projeto

Todos os projetos são prioritários

Intermezzo

Parte III e 1/2. Da série: Pérolas da “Comunidade” Ágil e Projetos

Vamos aumentar a quantidade de recursos para entregar o projeto mais rápido

Vamos escalar o ágil

Vamos fazer uma transformação ágil

Vamos fazer uma transformação digital

Vamos implementar ágil para entregar nossos projetos mais rápido

Vamos implementar uma cultura DevOps

Vamos implementar Scrum

Vamos implementar o Modelo Spotify

Vamos implementar um PMO

Vamos implementar um PMO ágil

Vamos tombar 92 SQUADS em 6 meses

Vamos tombar o ágil na organização

Vamos tombar o ágil na organização com a ajuda de um Agile Coach

Vamos tombar o ágil na organização com a ajuda da Hiflex, do Vitor Massari e do Fábio Cruz

Parte III e 3/4. Da série: Pérolas da “Comunidade” Ágil e Projetos

Você já preencheu a planilha de riscos?

Você precisa desafiar esta estimativa, para alcançar o resultado da equipe, senão vai ter problemas

Parte IV. Da série: Ágil e TI (“... o horror.... o horror”)

Sprints de documentação

Sprints de desenvolvimento

Sprints de testes

Sprint de integração

Sprint de homologação

Sprint de estabilização

Parte V. Da série: Massari Feelings

Agilidade não é sinônimo de infantilidade

Dizer que métodos ágeis não funcionam é negar tudo que o Lean e o Sistema Toyota de Produção trouxeram de benefícios ao mundo

Equilibre a equação demanda x vazão x fluxo e você vai parar de rasgar mais da metade do dinheiro que rasga atualmente

Ignorar dados estatísticos é um misto de ingenuidade com estupidez

Lamentação sem ação continuará sendo uma lamentação

Métodos ágeis na TI sempre partiram da premissa de que as pessoas utilizam boas práticas de engenharia de software

Métodos ágeis fora da TI funcionam muito melhor e com mais facilidade

O choro é livre e a meta da Sprint é fixa

O choro é livre e o timebox é fixo

Odeio feeling

Quanto mais força se empurra um sistema complexo, com mais força ele te empurra de volta

Se é grande a restrição, diminua a ambição

Variabilidade sempre existirá em problemas complexos resolvidos com capital intelectual, a não ser que você seja um ciborgue ou um milagre da genética

ISBN:
9788574529134
Edição:
1
Páginas:
120
Largura:
14
Comprimento:
21
Lombada:
0.7
Volume:
205.8
Lançamento:
01/02/2019
Idioma:
Português
não sei qual é o meu CEP
Cartão de Crédito
R$38,40 à vista.
Boleto Bancário
R$38,40 à vista.
Pagamento à Vista
R$38,40 à vista.

Nenhuma mensagem encontrada

Fazer uma avaliação

Clientes Também Compraram