Carregando...

Praticando a Segurança da Informação

Praticando a Segurança da Informação

clique para ampliar

ISBN: 9788574523828

[indisponível]

Forma de Pagamento Condição
Cartão de Crédito VISA¹ até 1 x de R$ 0,00 sem juros
Cartão de Crédito MasterCard² até 1 x de R$ 0,00 sem juros
Cartão de Crédito Diners Club³ até 1 x de R$ 0,00 sem juros
Boleto Bancário à vista R$ 0,00
¹
parcela mínima: R$ 40,00 | quantidade máxima de parcelas: 6
²
parcela mínima: R$ 40,00 | quantidade máxima de parcelas: 6
³
parcela mínima: R$ 40,00 | quantidade máxima de parcelas: 6

Sobre autor

Edison Fontes

é profissional de segurança e proteção da informação na organização e dedica-se a este assunto desde 1989. Atua como gestor, consultor e professor. Possui Mestrado em Tecnologia pelo Centro Paula Souza do Governo do Estado de São Paulo, Especialização pelo Mestrado de Ciência da Computação da UFPE, Pós-Graduação em Gestão Empresarial pela FIA-USP e Bacharelado em informática pela UFPE. É professor de Pós-Graduação nos cursos de Gestão e Governança da Tecnologia da Informação, Gestão da Segurança e da Computação Forense nas Faculdades FIAP, FIA-USP e Mackenzie. Possui certificações internacionais CISA, CISM E CRISC emitidas pela ISACA – Information System Audit and Control Association / USA.


Siga o autor

Blog LinkedIn

Canal Multimídia

  • Artigo

    Quem não fica com receio quando vai fazer uma compra no Ambiente de Comércio Eletrônico? Recentemente uma solução que maximiza a segurança nas transações de comercio eletrônico tem surgido: empresas que administram Carteiras Eletrônicas e fazem a intermediação das compras no Ambiente de Comercio Eletrônico. Por que esta solução aumenta a segurança destas transações?
    Comercio Eletrônico: mais credibilidade e mais segurança!
    A Lei No. 12.414 de 9 de Junho de 2011 que disciplina a formação e consulta a bancos de dados com informações de adimplemento, de pessoas naturais ou de pessoas jurídicas, para formação de histórico de crédito e o Decreto No. 7.829 de 17 de Outubro de 2012 que regulamenta esta lei, definem a obrigatoriedade de uma série de requisitos de segurança da informação para a organização que for prestar o serviço de Cadastro Positivo. Este serviço (Cadastro Positivo) está previsto para entrar comercialmente no mercado no próximo mês de agosto e as organizações precisam garantir que possuem controles de segurança da informação sob pena de não poder prestar este tipo de serviço. [...]
    Information Week - Lei do Cadastro Positivo também exige Segurança da Informação!
    No próximo dia 02 de Abril a Lei 12.737/2012 começa a vigorar. O que não era crime, agora será. Com esta lei o Art. 2o O Decreto-Lei no 2.848, de 7 de dezembro de 1940 – Código Penal, fica acrescido do crime: “Invasão de dispositivo informático”
    InformationWeek - Lei de Crimes de Delitos Informáticos. Mas a Organização precisa de Segurança da Informação.

    A SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO GANHA NOVA REFERÊNCIA COM LIVRO DE PROFESSOR DA FIAP
    Esta foi a pergunta curta e direta que Davi, 12 anos me fez quando abri para perguntas no WSIF – Web Security Information Forum, realizado em Maceió/AL em pleno sábado de sol nordestino. Eu tinha acabado a parte de apresentação do tema Politicas e Normas para a Segurança da Informação e tinha exposto a necessidade de se ter regras explicitas para as pessoas das organizações. Davi estava sentado na primeira fila, acompanhando o pai, profissional que apoia inovadores e cuida da imagem de organizações na Web. Vale ressaltar que ao terminar a pergunta o Davi recebeu uma salva de palmas?
    InformationWeek - Pais devem monitorar os filhos na Internet?
    Interagir com a informação em qualquer lugar, a qualquer hora, por qualquer meio e em qualquer dispositivo é a perfeição da mobilidade que todo usuário e corporação desejam.
    InformationWeek Brasil - Mobilidade sim! Mas, com segurança!

    InformationWeek - Segurança da Informação para a prevenção e combate de fraudes!
    Desde a zero hora do dia 02 de abril de 2013, é crime “invadir dispositivo informático alheio”. Até às 24:00hs do dia primeiro, não era crime. Porém a Lei 12.737/2012 é bem explicita quando indica “mediante violação indevida de mecanismo de segurança”. Isto significa que organizações e pessoas precisam implantar mecanismo de segurança. Mas o que seria mecanismos de segurança? Simples: qualquer controle, qualquer ação que indique ou impeça o acesso indevido. Quer dizer, não dá para o (potencial) criminoso dizer: “Eu não sabia que não podia entrar! Não tem nada impedindo nem informando!”
    InformationWeek - Agora é Crime!
    O Marco Civil da Internet foi aprovado pelo Senado Federal e sancionado pela Presidente Dilma. Para o Cidadão afeta pouco no seu dia a dia. O novo regulamento requenta princípios existentes na legislação porém avança em alguns pontos de defesa no uso da Internet.
    Information Week Brasil - Marco Civil da Internet e o Usuário da Informação.
    Cada vez mais a segurança da informação, de uma maneira estruturada e normatizada, é necessária para o ambiente profissional no Brasil. O segmento das instituições financeiras (e seus fornecedores) foi o primeiro segmento obrigado a seguir os normativos de proteção da informação. O tipo de negócio Comércio Eletrônico foi um segmento que logo cedo entendeu a necessidade da Segurança da Informação. As organizações que tratam informações de saúde estão começando a serem exigidas para implementarem os controles de Segurança da Informação. Em seguida os Advogados e os Escritórios de Advocacia precisam (obrigatoriamente) utilizar a informação eletrônica (com segurança) em função de uma realidade (Advocacia Virtual) que se instalou no Brasil, como por exemplo o Processo Judicial Eletrônico.
    InformationWeek - Segurança da Informação e a Advocacia Eletrônica-Virtual

Livros do Autor


Livros Relacionados