gestao-de-mudancas-editora-brasport

Gestão de Mudanças Aplicada a Projetos: Ferramentas de Change Management para Unir PMO e CMO

978-85-7452-736-9
De: R$72,00  
Por: R$61,20
Bônus: R$10,80 (15%)
+
edson-carli-editora-brasport

Edson Carli

Economista de formação com diversas especializações que vão da gestão de marketing ao planejamento de finanças internacionais, passando por teologia e antropologia. Em sua carreira profissional, soma mais de trinta anos em projetos, trazendo em seu currículo empresas como IBM, KPMG e Neoris do Brasil. Autor de vários livros, entre eles dois best-sellers na área de gestão de pessoas e carreiras. À frente do Grupo GDT Brasil, desenvolveu uma visão inovadora sobre o tema Gestão de Mudanças, combinando o pragmatismo dos indicadores e dos controles de gestão com os aspectos humanos e comportamentais das equipes de projeto.

O objetivo de toda e qualquer organização é a obtenção de resultados em seu segmento de atuação. Resultados, sejam eles medidos em parâmetros econômicos ou não, são uma relação direta entre os benefícios obtidos pela organização versus o consumo de recursos aplicados.

Visando obter mais benefícios com menos recursos, as empresas definem processos internos que de tempos em tempos precisam ser revisados, melhorados, automatizados ou descartados, dando origem a uma carteira de projetos cujo resultado será uma mudança na forma como as pessoas interagem com as organizações. Essas mudanças transformam um ambiente que era conhecido em algo novo, causando desconforto e resistências.

Este livro traz as técnicas necessárias para que pessoas e organizações compreendam essa resistência, eliminando suas causas e reduzindo os riscos intangíveis dos projetos cuja origem está nas pessoas.

A única certeza que existe é a mudança

Projetos existem e fazem parte da rotina empresarial.

Entretanto, com a expansão da chamada “indústria do conhecimento”, os projetos passaram a tratar grandes volumes de procedimentos que devem ser executados por pessoas, sejam eles processos de negócio ou transações em sistemas computacionais. Nesse novo cenário, as mudanças passaram a ter um impacto significativo na forma como as pessoas interagem com as organizações e, portanto, na forma como elas se sentem confortáveis.

Dessa forma, a chamada gestão de mudanças a partir das pessoas ou Human Change Management deixa de ser um cuidado extra para se tornar o tema principal da estratégia de sucesso de qualquer projeto.

Uma nova caixa de ferramentas

A gestão das partes interessadas ou stakeholders requer um novo conjunto de competências dos profissionais de gestão de projetos na medida em que passa a trabalhar com aspectos não detectáveis dos riscos de gestão, como, por exemplo, o nível de engajamento, a capacidade de prontidão para mudança e demais informações relacionadas com o universo comportamental, até então restritos às áreas de comunicação e treinamento, normalmente alocadas em recursos humanos.

É fundamental aproximar as práticas de PMO dos modelos preditivos e das listas de checagem associadas ao modelo de gestão por competências, utilizados pelas áreas de CMO (Change Management Office). Este livro traz as ferramentas necessárias para criar essa comunicação, tratando os aspectos que antes eram intangíveis com o mesmo pragmatismo e com os indicadores conhecidos pelos gerentes de projeto e pelos PMOs.

Reduzir o tempo total do projeto e a curva de adoção

Atualmente os projetos não acabam na data de entrega, e sim no momento em que a comunidade impactada pela mudança obtém de maneira plena todos os benefícios propostos pelo projeto. Essa mudança de expectativas torna o tempo da mudança muitas vezes maior que o tempo do projeto.

As atividades de comunicação, engajamento, capacitação, construção de ativos intelectuais e a preparação das equipes são fatores críticos para o sucesso de qualquer novo projeto. Para isso, gestores e gerentes de projeto precisam contar com novos indicadores, ferramentas e controles que ofereçam capacidade de gestão e visibilidade, permitindo identificar os impactos e antecipar movimentos. Vivemos um novo cenário na gestão de projetos, e os profissionais encarregados de gerenciar esses grandes eventos agora podem contar com um novo arsenal de ferramentas. Este livro coloca você em um novo mundo de gestão. Aproveite a leitura.

 

1. Conceitos gerais sobre mudanças

Propósito das organizações

A importância dos processos de negócio

Modelos mentais e processos

          Identificando sua âncora de carreira

Quando os processos não atendem

Onde nascem as resistências

          Desconhecimento          Má compreensão

          Baixa percepção de valor

          Conflito de prioridades

          Sentido de autopreservação

          Razão

Resumo do capítulo

2. Mecanismos internos da decisão humana

A importância de engajar stakeholders

Mapeando o sistema social estabelecido

          Sistemas de crenças, o certo e o errado

          Sistema de crença de nível um – DOGMA 

          Sistema de crença de nível dois – SENSO COMUM

          Sistema de crença de nível três – INDICADORES E MÉTRICAS

          Sistema de crença de nível quatro – CRENÇAS CONSTRUÍDAS

Resumo do capítulo

3. Comprometendo e engajando

A questão cultural do engajamento

Ciclo de compromisso

          Momento 01 – Pedido

          Momento 02 – Negociação

          Momento 03 – Execução

          Momento 04 – Aceite 

O preço dos pressupostos e o peso do óbvio

Resumo do capítulo

4. Organizações, processos e produtividade

As quatro forças dos processos

          Ativos humanos

          Ativos materiais

          Ativos intelectuais

          Ativos financeiros

Falhas de alinhamento e visibilidade

Projetos como elementos de intervenção

Resumo do capítulo

5. O impacto dos projetos no ciclo de vida da empresa

O ciclo de vida das organizações

          Namoro – Os fundadores têm um sonho

          Infância – Assumir riscos e orientar-se pela ação

          Toca-Toca – Tudo é oportunidade

          Adolescência – Conflitos e desavenças de visão

          Plenitude – Equilíbrio e autocontrole

          Estabilidade – Começando a desacelerar

          Aristocracia – De onde vem tanto dinheiro?

          Burocracia – De volta aos dogmas

          A morte – Pode ser longa e dolorida

Identificando o estágio de desenvolvimento da organização

O papel do gestor de mudanças em cada estágio de evolução

          Produtor

          Administrador

          Empreendedor

          Integrador

          Como descobrir meu perfil de gestor?

          Analisando os resultados

Resumo do capítulo

6. Pessoas, motivos, propósitos e medos

Entendendo o ciclo de desenvolvimento das pessoas

          Primeiro setênio – 0 a 7 anos

          Segundo setênio – 7 a 14 anos

          Terceiro setênio – 14 a 21 anos

          Quarto setênio – 21 a 28 anos

          Quinto setênio – 28 a 35 anos

          Sexto setênio – 35 a 42 anos

          Sétimo setênio – 42 a 49 anos

          Oitavo setênio – 49 a 56 anos

          Nono setênio – 56 a 63 anos

Diferenciação de propósito

Os medos paralisantes

          Medo de estar exposto

          Medo de parecer incompetente

          Medo de ser desnecessário ou obsoleto

          Medo da liberdade (efeito passarinho)

          Medo de não ser ouvido

Resumo do capítulo

7. Planejando a estratégia de gestão da mudança

Gestão e visibilidade

          Posicionamento

          Rituais de gestão

          Hierarquia e subordinação

PMO e CMO

          PMO departamental

          PMO de suporte

          PMO corporativo

          PMO programa-projeto

Papéis e responsabilidades

Unificando a gestão de ações

Resumo do capítulo

8. Metodologia

Fundamentos metodológicos

Avaliando o índice de prontidão para mudança (change readiness)

          Ritual de gestão

          Estrutura da avaliação

          Calculando o índice de prontidão

Compliance de gestão

          Estrutura da avaliação

          Calculando o índice de compliance de gestão

Mapa da maturidade

          Analisando os quadrantes

Gestão de stakeholders

          Mapeamento

          Equipe de projeto

          Stakeholders estratégicos

          Key users, multiplicadores e pontos focais

Impactos organizacionais

          Impactos e riscos

          Classificando um impacto quanto à severidade

          Identificando a origem dos impactos

          Identificando solucionadores

          Gerenciando ações mitigatórias

Comunicação

          Estratégia

          Planejamento

          Execução

Treinamento

          Concepção

          Planejamento

          EAD: como e quando usar

          Perpetuação

Resumo do capítulo

9. A gestão de mudanças como um processo

10. Quem não conhece a história...

Lições aprendidas e boas práticas

          Caso 01 – Amarrando muito bem as pontas

          Caso 02 – Educar antes de iniciar

          Caso 03 – Constrangimento corporativo

          Caso 04 – Caravana da mudança

          Caso 05 – Para cada prego, o seu martelo

Erros a evitar: quebrando o ovo da serpente

          Caso 01 – Mito do escritório de Platão

          Caso 02 – Síndrome de Scaramouche

          Caso 03 – Excesso de democracia

          Caso 04 – O efeito “sim, senhor”

          Caso 05 – Perdidos na fog

11. O dia depois de amanhã

Impactos organizacionais

Monitoramento da utilização

12. Uma última reflexão

Bibliografia

Pessoas a conhecer

ISBN:
9788574527369
Edição:
1
Páginas:
288
Largura:
17
Comprimento:
24
Lombada:
1.4
Volume:
571.20
Ano:
2015
Lançamento:
01/07/2015
Idioma:
Português

amostra-gestao-de-mudancas-aplicada-a-projetos (gestao-de-mudancas-aplicada-a-projetos-editora-brasport.pdf, 4,091 Kb) [Download]

não sei qual é o meu CEP
Cartão de Crédito
1 x de R$61,20 sem juros
Pagamento à Vista
R$61,20 à vista.
Fazer uma avaliação

Clientes Também Compraram