Gestão Dinâmica de Projetos: LifeCycleCanvas®

978-85-7452-786-4
De: R$88,00  
Por: R$74,80
Bônus: R$13,20 (15%)
+
manoel-veras-de-sousa-neto-editora-brasport

Manoel Veras de Sousa Neto

Doutor pela Universidade de São Paulo (USP), é professor e consultor vinculado à UFRN. Autor dos livros Datacenter: Componente Central da Infraestrutura de TI, Virtualização: Tecnologia Central do Datacenter, já em sua segunda edição, Computação em Nuvem: Nova Arquitetura de TI, Arquitetura de Nuvem – Amazon Web Services e Gerenciamento de Projetos: Project Model Canvas (PMC)®, todos publicados pela Brasport.

Siga o autor

Canal Multimídia

  • VÍDEOS

    Manoel Veras fala sobre o livro Arquitetura de Nuvem : Amazon Web Services

Livro Gestão Dinâmica de Projetos: LifeCycleCanvas®

Simples Tudo em uma tela. Permite: iniciar, planejar, executar, monitorar, calcular e encerrar o projeto

Robusta Aderente ao PMBOK® Guide e alinhada à metodologia PRINCE2®.

Estratégica Permite gerenciar as ações previstas na estratégia de forma dinâmica.

Escalável Serve para qualquer tamanho de projeto.

Fim a fim Permite gerenciar processos, estratégias, aquisições e mudança em todo o ciclo de vida do projeto.

Flexível Uso de acordo com a maturidade da organização.

Gestão de projetos é a chave para o aumento de produtividade. Profissionais de todas as áreas demandam conhecimentos sobre o assunto. Tornar a gestão de projetos tarefa de todos e popularizar o tema justifica o esforço realizado na construção deste livro.

A obra sugere o uso da gestão dinâmica, uma nova forma de gerenciar projetos, integrando-os à estratégia da organização. Além disso, ela soma a visão de simplicidade trazida pelo uso do canvas a práticas consagradas advindas do PMBOK® Guide e do método PRINCE2®, tornando a gestão do ciclo de vida do projeto uma realidade. Nisso o livro é único.

O LifeCycleCanvas® é a ferramenta que dá vida à ideia central do livro, a gestão dinâmica de projetos, permitindo o aumento da maturidade em gestão de projetos de uma organização e descomplicando o gerenciamento. Cria uma estrutura comum que pode ser escalável de acordo com o uso.

O livro é composto por dez capítulos divididos em duas partes: a primeira trata de aspectos essenciais em gestão de projetos, incluindo o vínculo entre estratégia e gestão de projetos, gestão de portfólio e de projetos, escritório e maturidade. A segunda parte trata das ferramentas e técnicas, incluindo capítulos sobre o PMBOK® Guide, PRINCE2® e Project Model Canvas. Além disso, traz um capítulo exclusivo sobre a ferramenta LifeCycleCanvas® e outro com casos de uso.

Introdução

PARTE I. ASPECTOS ESSENCIAIS

1. Estratégia

1.1. Negócio, Desempenho, Estratégia e Projetos

1.2. Business Model Generation (BMG)

1.3. Formulação e Implementação daEstratégia

1.3.1. Introdução

1.3.2. Planejamento Estratégico

1.3.3. Implementação com o Balanced Scorecard (BSC)

1.3.4. Indicadores Estratégicos

1.3.5.Mapas Estratégicos

1.3.6. Balanced Scorecard Corporativo (BSCC)

1.3.7. Balanced Scorecard (BSC) e Business Model Generation (BMG)

1.4. Questões de Revisão

1.5. Referências Bibliográficas

2. Estratégia e Gestão do Portfólio de Projetos

2.1. Visão Geral

2.2. Estratégia e Gestão do Portfólio de Projetos

2.3. Portfólio, Programas e Projetos

2.4. O que é a Gestão de Portfólio de Projetos?

2.4.1. Introdução

2.4.2. Priorização

2.4.3.Maturidade

2.5. Questões de Revisão

2.6. Referências Bibliográficas

3. Gestão de Projetos

3.1. Conceitos Básicos

3.1.1. Projetos

3.1.2. Gestão de Projetos

3.1.3. Ciclo de Vida

3.2. Evolução da Gestão de Projetos

3.3. Cascata e Ágil

3.3.1. Gestão de Projetos em Cascata

3.3.2. Gestão de Projetos Ágil

3.4. Definições Importantes

3.4.1. Escopo

3.4.2. EAP

3.4.3. Atividades, Tempo, Recursos e Custos

3.4.4. Linha de Base de Tempo, Custos e Escopo

3.4.5. Pacote de Trabalho e Entrega

3.4.6. Requisitos, Restrições e Premissas

3.4.7. Qualidade

3.5. Técnicas e Ferramentas

3.5.1. MDP – Método do Diagrama de Precedência
3.5.2. PERT – Estimativa de Três Pontos
3.5.3. CPM – Método do Caminho Crítico
3.5.4. NIR – Nivelamento de Riscos
3.5.5. AGC – Agregação de Custo
3.5.6. ACB – Análise de Custo-Benefício

3.6. Risco

3.6.1. Conceito
3.6.2. Perfil de Risco (Apetite/Tolerância)
3.6.3. Classificação
3.6.4. Resposta aos Riscos
3.6.5. Gestão de Riscos

3.7. Integração, Recursos Humanos, Comunicações, Partes Interessadas, Aquisições

3.7.1. Integração
3.7.2. Recursos Humanos
3.7.3. Comunicações

3.7.4. Partes Interessadas

3.7.5. Aquisições

3.8. Gestão Dinâmica de Projetos

3.8.1. Introdução
3.8.2. Gestão por Indicadores
3.8.3. Painel de Bordo
3.8.4. Solicitações de Mudança
3.8.5. Sucesso e Fracasso

3.8.6. Lições Aprendidas

3.9. Exercícios

3.9.1. Descrição
3.9.2.Questões
3.9.3. Respostas

3.10. Referências Bibliográficas

4. Escritório de Gestão de Projetos

4.1. Evolução

4.2. Estratégia e Estrutura Organizacional

4.3. Estrutura Organizacional

4.3.1. Introdução
4.3.2. Componentes
4.3.3. Tipos

4.4. Estrutura Funcional e PMO

4.5. O que é o PMO?

4.6. Classificação

4.6.1. PMO – Nível 1
4.6.2. PMO – Nível 2
4.6.3. PMO – Nível 3
 
4.7. Utilização
4.7.1. Razões a Favor do PMO

4.7.2. Razões Contra o PMO

4.8. Atribuições

4.9. Maturidade

4.10. Questões de Revisão

4.11. Referências Bibliográficas

5. Maturidade em Gestão de Projetos

5.1. Visão Geral

5.2. Estratégia e Maturidade

5.3. Para que serve o PMM?

5.4. Modelos de Maturidade

5.4.1. MMGP – Modelo de Maturidade em Gestão de Projetos
5.4.2. OPM3 – Organization Project Management Maturity Model
5.4.3. PMMM – Project Management Maturity Model

5.5. Questões de Revisão

5.6. Referências Bibliográficas PARTE II. PRÁTICAS E FERRAMENTAS 6. Aspectos Essenciais do PMBOK® Guide

6.1. Introdução

6.2. Grupos de Processos de Gerenciamento de Projetos

6.2.1. Iniciação (IN)
6.2.2. Planejamento (PL)
6.2.3. Execução (EX)
6.2.4. Monitoramento e Controle (M&C)
6.2.5. Encerramento (EN)

6.3. PDCA e PMBOK® Guide

6.3.1. Introdução ao PDCA
6.3.2. Iniciação e Encerramento

6.4. O que é o Business Case?

6.5. Áreas de Conhecimento do PMBOK® Guide

6.5.1. Integração
6.5.2. Escopo
6.5.3. Tempo
6.5.4. Custos
6.5.5. Qualidade
6.5.6. Recursos Humanos
6.5.7. Comunicações
6.5.8. Riscos
6.5.9. Aquisições

6.6. Artefatos Importantes Derivados do PMBOK® Guide

6.6.1. TAP – Termo de Abertura do Projeto
6.6.2. PGP – Plano de Gerenciamento do Projeto
6.6.3. MRR – Matriz de Responsabilidade de Requisitos
6.6.4. REN – Relatório de Entregas Aceitas
6.6.5. RMU – Relatório de Solicitações de Mudanças Aprovadas
6.6.6. RAE – Relatório de Aquisições Encerradas
6.6.7. TEP – Termo de Encerramento do Projeto
6.6.8. Resumo dos Artefatos

6.7. Ferramentas e Técnicas Sugeridas pelo PMBOK® Guide

6.7.1. Ferramentas e Técnicas Utilizadas na Iniciação
6.7.2. Ferramentas e Técnicas Utilizadas no Planejamento
6.7.3. Ferramentas e Técnicas Utilizadas na Execução
6.7.4. Ferramentas e Técnicas Utilizadas no Monitoramento e Controle e no Encerramento

6.8. Processos Críticos Sugeridos pelo PMBOK® Guide

6.8.1. Processo 4.5 – Realizar o controle integrado de mudanças
6.8.2. Processo 5.5 – Validar o escopo
6.8.3. Processo 12.3 – Controlar as aquisições

6.9. Certificação CAPM® e PMP®

6.10. Questões de Revisão

6.11. Referências Bibliográficas

7. Aspectos Essenciais do Método PRINCE2®

7.1. Introdução

7.2. Objetivo

7.3. Estrutura

7.3.1. Sete Princípios

7.3.2. Sete Temas

7.3.3. Sete Processos
7.3.4. Ambiente do projeto

7.4. Organização do Projeto no PRINCE2®

7.4.1. Nível 1 – Gerência Corporativa ou do Programa
7.4.2. Nível 2 – Direção
7.4.3. Nível 3 – Gerência
7.4.4. Nível 4 – Entrega

7.5. PRINCE2® e PMBOK® Guide

7.6. Certificações PRINCE2®

7.7. Questões de Revisão

7.8. Referências Bibliográficas

8. Aspectos Essenciais da Ferramenta Project Model Canvas

8.1. Ideia

8.2. Ferramenta 5W2H

8.3. Conceito

8.4. Fatores-chave

8.5. Princípios

8.6. Metodologia

8.7. Aplicativo Canvas

8.8. Questões de Revisão

8.9. Referências Bibliográficas

9. LifeCycleCanvas®

9.1. Introdução

9.2. PMBOK® Guide e LifeCycleCanvas®

9.3. Fatores-chave

9.4. Telas

9.4.1. Telas de Iniciação (IN) e Planejamento (PL)
9.4.2. Tela de Execução (EX)
9.4.3. Tela de Monitoramento e Controle (M&C)
9.4.4. Tela de Encerramento (EN)

9.5. Processos de Gerenciamento

9.5.1. Processos de Iniciação (IN)
9.5.2. Processos de Planejamento (PL)
9.5.3. Processos de Execução (EX)
9.5.4. Processos de Monitoramento e Controle (M&C)
9.5.5. Processos de Encerramento (EN)

9.6. Ferramentas e Técnicas

9.6.1. Ferramentas e Técnicas Utilizadas no Planejamento
9.6.2. Ferramentas e Técnicas Utilizadas na Execução

9.7. Artefatos

9.7.1. TAP – Termo de Abertura do Projeto
9.7.2. PGP – Plano de Gerenciamento do Projeto
9.7.3. REP – Relatório Executivo do Projeto
9.7.4. RMU – Relatório de Solicitação de Mudanças Aprovadas
9.7.5. TEP – Termo de Encerramento do Projeto

9.8. Comitês

9.8.1. CCM – Comitê de Controle de Mudanças
9.8.2. CAE – Comitê de Aceitação de Entregas
9.8.3. CEC – Comitê de Encerramento de Compras
9.8.4. CDP – Comitê Diretor de Projeto

9.9. Diagrama Completo

9.10. PRINCE2® e LifeCycleCanvas®

9.11. BSC, BMG e LifeCycleCanvas®

9.12. Painel de Bordo do Projeto (PBP)

9.13. Central de Resultados Operacionais (CRO)

9.14. Sites e App LifeCycleCanvas®

9.15. Questões de Revisão

9.16. Referências Bibliográficas

10. Casos de Referência de Uso do LifeCycleCanvas®

10.1. Introdução

10.2. Premissas assumidas

10.3. Iniciação e Planejamento do Projeto “Caso de Referência”

10.3.1. Iniciação (IN)
10.3.2. Planejamento (PL)

10.4. Simulação de Execução sem Mudança

10.4.1. Execução (EX)
10.4.2. Monitoramento e Controle (M&C)
10.4.3. Encerramento (EN)

10.5. Simulação de Execução com Mudança no PGP

10.5.1. Execução (EX)
10.5.2. Monitoramento e Controle (M&C) e Encerramento (EN)

10.6. Referências Bibliográficas

ISBN:
9788574527864
Edição:
1
Páginas:
200
Largura:
21
Comprimento:
28
Lombada:
1
Volume:
588
Ano:
2016
Lançamento:
04/07/2016
não sei qual é o meu CEP
Fazer uma avaliação

Clientes Também Compraram