eBook: Virtualização - Componente Central do Datacenter

 
Por: R$55,00

Veja aqui onde comprar

manoel-veras-de-sousa-neto-editora-brasport

Manoel Veras de Sousa Neto

Doutor pela Universidade de São Paulo (USP), é professor e consultor vinculado à UFRN. Autor dos livros Datacenter: Componente Central da Infraestrutura de TI, Virtualização: Tecnologia Central do Datacenter, já em sua segunda edição, Computação em Nuvem: Nova Arquitetura de TI, Arquitetura de Nuvem – Amazon Web Services e Gerenciamento de Projetos: Project Model Canvas (PMC)®, todos publicados pela Brasport.

Siga o autor

Canal Multimídia

  • VÍDEOS

    Manoel Veras fala sobre o livro Arquitetura de Nuvem : Amazon Web Services

Este livro apresenta uma visão aplicada da VIRTUALIZAÇÃO, componente essencial do DATACENTER.

O livro é modular e detalha diversos aspectos teóricos e práticos da VIRTUALIZAÇÃO. Como não poderia deixar de ser, trata dos conceitos de CLOUD COMPUTING e DATACENTER, tendo como aspecto central destas estruturas a VIRTUALIZAÇÃO.

 O livro é dividido em quatro partes: visão geral, tecnologia de VIRTUALIZAÇÃO, software de VIRTUALIZAÇÃO e projeto. Assim, trata desde o conceito de VIRTUALIZAÇÃO até as principais tecnologias, com ênfase no HYPERVISOR e em componentes da Infraestrutura de TI impactados pela VIRTUALIZAÇÃO, sugerindo a arquitetura virtual para o DATACENTER. Também aborda a arquitetura do VMware vSphere e orienta como fazer um projeto completode VIRTUALIZAÇÃO.

 O objetivo principal deste livro é contribuir para a formação de arquitetos de DATACENTERS que possuam como elemento central a VIRTUALIZAÇÃO.

Introdução

PARTE I. VISÃO GERAL

1. Infraestrutura de TI e Virtualização

1.1. Introdução

1.2. Investimentos em Infraestrutura de TI

1.3. Maturidade da Infraestrutura de TI

         1.3.1. Introdução

         1.3.2. Modelo de Weill e Broadbent

         1.3.3 Modelos da Microsoft

1.4. Gerenciamento de Serviços de TI

         1.4.1. ITIL

         1.4.2. ITIL v3

         1.4.3. TCO

         1.4.4. ITIL e TCO

1.5. Impactos da VIRTUALIZAÇÃO na Infraestrutura de TI

1.6. Referências Bibliográficas

2. Cloud Computing e Virtualização

2.1. Introdução

2.2. Conceito

2.3. Características Essenciais

2.4. Modelos de Serviços(?)

2.5. Modelos de Implantação

2.6. Benefícios

2.7. Desafios

2.8. Iniciativas

         2.8.1. Conceito na Prática: VMware vSphere

         2.8.2. Conceito na Prática: Windows AZURE

         2.8.3. Conceito na Prática: Amazon AWS

2.9. Riscos e Segurança

2.10. Impactos da VIRTUALIZAÇÃO na CLOUD COMPUTING

2.11. Referências Bibliográficas

3. Tier Datacenter e Virtualização

3.1. Introdução

3.2 TIER DATACENTER

         3.2.1. TIER 1

         3.2.2. TIER 2

         3.2.3. TIER 3

         3.2.4. TIER 4

3.3. TCO do DATACENTER

3.4. Padronização do DATACENTER

         3.4.1. CHASSI

         3.4.2. RACK

         3.4.3. CONTAINER

         3.4.4. Conceito na Prática: DATACENTER POD da HP

         3.4.5. Conceito na Prática: SALA COFRE da Aceco

3.5. Construção do DATACENTER

3.6. Impactos da VIRTUALIZAÇÃO no DATACENTER

3.7. Referências Bebliográficas

4. Green Datacenter e Virtualização

4.1. Introdução

4.2. Eficiência do DATACENTER

4.3. O Green Grid

4.4. Conceito na Prática: APC TradeOff Tools

4.5. Requisitos de Energia e Refrigeração para DATACENTERS

         4.5.1. Carga de TI

         4.5.2. No-Break

         4.5.3. Iluminação

         4.5.4. Carga de Refrigeração

         4.5.5. Dimensionamento do Sistema Elétrico

4.6. Medição do PUE

4.7. Impactos da VIRTUALIZAÇÃO no Green DATACENTER

4.8. Referências Bibliográficas

PARTE II. TECNOLOGIA DE VIRTUALIZAÇÃO

5. Conceitos Centrais

5.1. Introdução

5.2. Workload e Throughput

5.3. Conceito

5.4. Máquina Virtual

5.5. Histórico

5.6. Benefícios

5.7. Principais Fornecedores

5.8. Desempenho e Benchmarks

5.9. Limitações

5.10. Utilização

5.11. Referências Bibliográficas

6. Técnicas

6.1. Introdução

6.2. Hardware

6.3. Sistema Operacional (SO)

6.4. Categorias de Virtualização

6.5. Máquina Virtual de Sistema ou HYPERVISORS

         6.5.1. TIPO UM – Baremetal

         6.5.2. TIPO DOIS

6.6. VIRTUALIZAÇÃO Total

6.7. PARAVIRTUALIZAÇÃO

6.8. VIRTUALIZAÇÃO Assistida por Hardware

6.9. Comparação entre as Técnicas de VIRTUALIZAÇÃO

6.10. Referências Bibliográficas

7. Arquitetura e Infraestrutura

7.1. Introdução

7.2. Arquitetura Física do DATACENTER

7.3. Arquitetura Virtual do DATACENTER

7.4. Blades, Servidores e VIRTUALIZAÇÃO

         7.4.1. Introdução

         7.4.2. Conceito na Prática: Dell Blade 1000E

         7.4.3. Processadores

         7.4.4. Conceito na Prática: Intel Processadore XEON 5600

         7.4.5. Licenciamento

         7.4.6. Conceito na Prática: Calculadoras do Windows Server 2008

7.5. Rede e VIRTUALIZAÇÃO

         7.5.1. Conceito na Prática: Cisco Nexus 1000V

7.6. Storage e VIRTUALIZAÇÃO

         7.6.1. Introdução

         7.6.2. Discos e Interfaces

         7.6.3. Sistema de Armazenamento

         7.6.4. Protocolo SCSI

         7.6.5. Características do Storage

         7.6.6. Tipos de Storage

         7.6.7. Redes de Storage

         7.6.8. SAN FC

         7.6.9. SAN IP

         7.6.10. Conceito na Prática: Dell Equallogic PS Series

         7.6.11. NAS

         7.6.12. SAN FCoE

         7.6.13. Conceito na Prática: Unified Storage EMC CELERRA NS-120

         7.6.14. VIRTUALIZAÇÃO do Storage

         7.6.15. Conceito na Prática: EMC VPLEX

7.7. Alta Disponibilidade e Recuperação de Desastres e VIRTUALIZAÇÃO

         7.7.1. Conceitos Importantes

         7.7.2. Clusters de Servidores

         7.7.3. Backup e Restore

         7.7.4. Desduplicação

         7.7.5. Arquivamento (Archive)

         7.7.6. Replicação

         7.7.7. Conceito na Prática: EMC RecoverPoint

         7.7.8. Replicação com Desduplicação

7.8. Desktop e VIRTUALIZAÇÃO

7.9. Gerenciamento e VIRTUALIZAÇÃO

7.10. Segurança e VIRTUALIZAÇÃO

7.11. Conceito na Prática: Cisco DATACENTER 3.0

         7.11.1. Portfólio

         7.11.2. Roadmap

         7.11.3. Componentes

7.12. Referências Bibliográficas

PARTE III. SOFTWARE DE VIRTUALIZAÇÃO

8. VMware vSphere

8.1. Introdução

8.2. Benefícios

8.3. Utilização

8.4. Componentes da Solução

         8.4.1. Serviços de Infraestrutura

         8.4.2. Serviços de Aplicativos

8.5. Novidades com o vSphere 4.1

         8.5.1. Introdução

         8.5.2. Storage I/O Control (SIOC)

         8.5.3. Network I/O Conjtrol (NIOC)

         8.5.4. vSphere vCenter Server 4.1

         8.5.5. Configurações Máximas do vSphere 4.1

8.6. Edições

         8.6.1. Características

         8.6.2. Kits e Edições

         8.6.3. Add-nos e Produtos Adicionais

8.7. ESX e ESXi

         8.7.1. Introdução

         8.7.2. Funcionamento

         8.7.3. Diferenças

         8.7.4. Recursos

         8.7.5. Arquitetura

         8.7.6. Gerenciamento

         8.7.7. Desempenho e Escalabilidade

         8.7.8. Disponibilidade

         8.7.9. Interoperabilidade

         8.7.10. Segurança

8.8. Sistema de Arquivos vStorage VMFS

         8.8.1. Introdução

         8.8.2. Funcionamento

         8.8.3. Recursos

         8.8.4. RDM

8.9 vMotion

         8.9.1. Introdução

         8.9.2. Utilização

         8.9.3. Funcionamento

         8.9.4. Recursos

8.10. vCenter Server

         8.10.1. Conceito

         8.10.2. Utilização

         8.10.3 Funcionamento

         8.10.4. Características

         8.10.5. vCenter Server Heartbeat

         8.10.6. vCenter Site Recovery Manager (SEM)

8.11. Funcionalidades Importantes do VMware vSphere

         8.11.1. VMware High Availability (HA)

         8.11.2. VMware Distributed Resource Scheduler (DRS)

         8.11.3. VMware Distributed Power Management (DPM)

         8.11.4. VMware Fault Tolerance (FT)

         8.11.5. VMware Data Recovery (VDR)

         8.11.6. VMware Storage VMotion

         8.11.7. VMware View

8.12. Referências Bibliográficas

PARTE IV. PROJETO

9. Metodologias e Ferramentas de Projeto

9.1. Introdução

9.2. Gestão de Projetos de VIRTUALIZAÇÃO

         9.2.1. Projeto do DATACENTER

         9.2.2. Projeto da VIRTUALIZAÇÃO

9.3. Projeto 1 – Business Case e Escolha do Fornecedor

9.4. Business Case

         9.4.1. Introdução

         9.4.2. Situação Atual

         9.4.3. Desafios

         9.4.4. Benefícios

         9.4.5. Análise de TCO/ROI

9.5. Escolha do Fornecedor

         9.5.1. Custo e Desempenho

         9.5.2. Funcionalidades

         9.5.3. Base Instalada

         9.5.4. Suporte

9.6. Projecto 2 – Solução de VIRTUALIZAÇÃO

9.7. Iniciação

9.8. Planejamento

         9.8.1. Documentação de Requisitos

         9.8.2. Declaração do Escopo

         9.8.3. Criação da EAP

         9.8.4. Atividades em Termos de Tempo, Custo e Qualidade

         9.8.5. Identificação dos Riscos

         9.8.6. Análise da Situação Atual

         9.8.7. Considerações sobre a DMZ

         9.8.8. Considerações sobre a VIRTUALIZAÇÃO das Principais Aplicações

         9.8.9. Benchmarking da Indústria de TI

         9.8.10. Opções para Definir a Infraestrutura

         9.8.11. Conceito na Prática: Microsoft SQL Server

         9.8.12. Conceito na Prática: Oracle Database

         9.8.13. Conceito na Prática: Microsoft Exchange Server

         9.8.14. Conceito na Prática: ERP SAP

         9.8.15. Conceito na Prática:Dell Virtualization Advisor Tool

9.9. Implementação

         9.9.1. Introdução

9.10. Definição de Arquitetura e Infraestrutura

         9.10.1. Introdução

         9.10.2. Arquiteturas Típicas

         9.10.3. Conceito na Prática: Dell VMware vSphere

         9.10.4. Conceito na Prática: Cisco EMC VMware vSphere Vblock

         9.10.5. Vblock 0

         9.10.6. Conceito na Prática: EMC Ionix

         9.10.7. Aquisição de Infraestrutura e Serviços

         9.10.8. Instalação, Configuração, Testes e Validação

9.11. Monitoramento e Controle

         9.11.1. Definição dos Níveis de Serviço e Indicadores

9.12. Encerramento

         9.12.1. Lições Aprendidas

9.13. Referências Bibliográficas

10. Case vSphere

10.1. Introdução

10.2. Business Case, Escolha do Fornecedor e Versão do Software

10.3. Documentação de Requisitos

10.4. Declaração do Escopo

         10.4.1. Objetivo Geral

         10.4.2. Objetivos Específicos

         10.4.3. Pressupostos

         10.4.4. Demarcações e Regras

         10.4.5. Identificação de Riscos

10.5. Situação Atual

         10.5.1. Inventário

         10.5.2. Análise da Demanda das WORKLOADS

10.6. Definição da Arquitetura e da Infraestrutura

         10.6.1. Especificações Gerais do Projeto

10.7. Dimensionamento da Infraestrutura

         10.7.1. Dimensionamento dos Servidores

         10.7.2. Dimensionamento do Armazenamento

         10.7.3. Dimensionamento da Alta Disponibilidade

         10.7.4. Necessidade do Uso de Recursos

         10.7.5. Desenho do Armazenamento

         10.7.6. Dimensionamento da DMZ

         10.7.7. Desenho do Gerenciamento e Monitoramento

10.8. Definição dos Níveis de Serviço e Indicadores

         10.8.1. Diagramas

10.9. Referências Bibliográficas

Índice Remissivo

E-ISBN:
9788574525082
Edição:
1
Páginas:
364
Ano:
2011
Lançamento:
23/02/2011
Outros:
formato: ePdf
Preciso Avaliar
Fazer uma avaliação